BLOG

Um fungo está matando os anfíbios no mundo inteiro

16 de Maio de 2018

Uma doença que está sendo disseminada principalmente pelo comércio de animais exóticos, está dizimando anfíbios em todo o mundo. Causada por um fungo conhecido como Bd, a doença já eliminou cerca de 200 das 7.800 espécies de anfíbios conhecidas, e infectou pelo menos 700 delas!

Engana-se quem pensa que somente os humanos sofrem com doenças infecciosas que circulam por todo o globo. Nós, humanos, ainda contamos com importantes vantagens: para muitas das doenças humanas podemos garantir nossa imunização através de vacinas, ou ainda ter um atendimento médico especializado, ao contrário dos animais silvestres. Um exemplo disso está entre os anfíbios. Mais de 200 espécies de anfíbios, entre sapos, rãs e salamandras, já foram extintas, e outras tantas espécies da mesma classe, estão passando por uma diminuição exponencial da sua população por conta de um fungo conhecido como quitrídio. Para entender a dispersão da doença, os pesquisadores realizaram um estudo genético que mostra que o controle dela pode estar nas nossas mãos!

O responsável pelo grande declínio na população de anfíbios é o gênero fúngico Batrachochytrium, apelidado de Bd. Ele ataca a pele dos animais, compromete a saúde deles e pode levar à morte por conta de uma parada cardíaca.  Para entender o surgimento deste fungo que vem dizimando as populações de anfíbios, pesquisadores reuniram dados genéticos e de laboratórios de aproximadamente 35 instituições de pesquisa de todo o mundo. Da análise, foram encontradas 4 linhagens principais do fungo que revelaram o seu surgimento entre 50 e 120 anos atrás. Aas análises antigas mostram que os sapos infectados pelos fungos foram registrados em locais bastante distantes uns dos outros para que eles tivessem “saltado” sozinhos e disseminado as doenças. Curiosamente, a maioria das espécies infectadas eram pequenos anfíbios coloridos, daqueles comercializados em lojas de pets, que são enviados de um lugar para o outro, e servem como animais domésticos e de estimação.

Os pesquisadores acreditam que este comércio de animais foi o responsável por acelerar e espalhar este fungo por diversas espécies de anfíbios, ao longo de tantos anos. Infelizmente não há como excluir este fungo da natureza, mas estratégias eficazes de monitoramento e controle podem ser criadas.

Somente no Brasil, o Bd já extinguiu 15 espécies de anfíbios e reduziu a população de outras 24, todas elas da Mata Atlântica. Ele já foi registrado também na Amazônia e no Cerrado, mas sem um número expressivo de casos, já que ele tem preferência por temperaturas mais amenas. A maioria das extinções, tanto as da Mata Atlântica, quanto as mundiais, ocorreram na década de 70 e 80, quando uma cepa mais agressiva do fungo, a bdGPL, surgiu e se espalhou. Para os especialistas da área, a mistura de diferentes infecções pelo mundo, proporcionada pelo comércio desses animais, pode fazer com que os fungos atuais se acasalem e surjam novas formas fúngicas, potencialmente mais perigosas. A hibridização de diferentes linhagens fúngicas, pode criar uma nova cepa mortífera, que levará tantas outras espécies à extinção.

Fonte: Science.




Confira também

  • Conheça 4 exemplos de fungos parasitas

    LEIA MAIS
  • Conheça os fungos que brilham no escuro

    LEIA MAIS
Total time: 434.37 ms (SQL time: 0.05 ms, overhead time: 127.86 ms), SQL(s): 15 (install mode) GZIPED
INVALID HTML
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing ALT in img tag: img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=254341104760439&ev=PageView&noscript=1"
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: /head came when /link was expected
CFP_HTMLTOOLS: End of file reached while waiting 9 end tags:Array ( [0] => html [1] => head [2] => meta [3] => link [4] => link [5] => link [6] => link [7] => link [8] => link )