BLOG

Saiba tudo sobre a COP 21 em Paris!

14 de Dezembro de 2015

Terminou neste sábado (12/12/2015), em Paris, a 21ª edição da Conferência do Clima (COP 21), evento promovido pela ONU para discutir sobre mudanças climáticas.

O que é a COP?

A COP (conferência das partes) ocorre desde 1995. Neste evento, autoridades de diversos países se reúnem para discutir um tratado que visa diminuir as emissões de gases de efeito estufa na atmosfera, a fim de evitar que o planeta se aqueça a um nível crítico.

Mas o que são gases de efeito estufa?

Grande parte da radiação solar que incide sobre a superfície terrestre retorna para o espaço. Entretanto, os gases de efeito estufa (ex: gás carbônico e metano) absorvem parte dessa radiação emitida pela Terra, retendo o calor na superfície terrestre. Este processo, conhecido como efeito estufa, é um processo natural. Sem estes gases a superfície terrestre seria congelante (cerca de 18º C negativos) e a maior parte dos organismos que conhecemos provavelmente não sobreviveria.

https://www.biologiatotal.com.br/fmanager/biologiatotal/efeito_estufa.jpg

Esquema mostrando o que é o efeito estufa. Fonte: Autor desconhecido

O problema é que a concentração destes gases na atmosfera vem aumentando desde a revolução industrial devido às ações antrópicas (as alterações realizadas pelo homem), causando um aumento acentuado e acelerado da temperatura na Terra. Embora uma minoria acredite que o aquecimento do planeta é um processo natural, a imensa maioria dos cientistas defende que a ação do homem tem um papel fundamental neste processo, principalmente por conta do uso desenfreado de combustíveis fósseis (como o carvão, o petróleo e o gás natural).

https://www.biologiatotal.com.br/fmanager/biologiatotal/china_let_ideas_compete_flickr.jpg

Mulher chinesa usando máscara para se proteger da poluição causada pela queima de combustíveis fósseis. Fonte: Let Ideas Compete (Flickr)

Principais metas do tratado

O acordo histórico foi assinado por 195 países, incluindo a China, e os principais pontos estabelecidos foram os seguintes:

1) As nações devem trabalhar para que o aquecimento até o final do século seja bem abaixo de 2º C, buscando limitá-lo a 1.5 °C.

Mas como isso será feito? Este é um dos pontos que enfraquece esta meta, já que ela não vem acompanhada de um roteiro estabelecendo como os países deverão alcançá-la. Embora a redução da emissão de gases-estufa também seja uma meta, não há menção à porcentagem de corte de emissão desses gases necessária e nem quando elas precisam parar de subir!

2) O acordo deve ser revisto a cada cinco anos.

A cada cinco anos, a partir de 2023, deverão ser feitos ajustes nas metas estipuladas. Isto porque as metas apresentadas voluntariamente por alguns países até o momento não serão capazes de impedir o aumento da temperatura dentro do patamar estipulado. Mas, no acordo não há nenhum referencial para estes ajustes. Apenas consta que até a segunda metade do século deverá ser atingido um equilíbrio entre as emissões e o sequestro de carbono.

3) Países ricos devem garantir financiamento de US$ 100 bilhões por ano entre 2020 e 2025.

Um dos pontos que gerou mais discussões na COP 21 foi a questão do financiamento de US$ 100 bilhões por ano que os países ricos deverão transferir aos mais pobres, a fim de que estes se adaptem para conter o aquecimento global. Entretanto, muitos pontos do texto não são claros, como o fato de não constar se depois de 2025 o patamar de US$ 100 bilhões será aumentado e nem mesmo se ele será mantido. 

Principais desafios

Embora o acordo sinalize que as nações estão cientes de que é preciso frear o aquecimento global, é importante que os setores público e privado sejam pressionados (por ONG's e pela sociedade civil, por exemplo) para que o tratado seja cumprido.

É fundamental que os países estejam realmente comprometidos em diminuir (com urgência) a emissão de gases-estufa, por exemplo, investindo em fontes renováveis de energia, como a energia solar e a eólica; o que é um grande desafio, já que o custo do investimento nessas fontes é bem mais alto do que o de continuar utilizando combustíveis fósseis. Até o momento já foi emitido mais da metade de carbono que pode ser queimado para não ultrapassar o limiar de temperatura seguro.

Outro ponto importante, mas com menor destaque no evento, é a necessidade do desenvolvimento de políticas para conter o desmatamento, já que as florestas têm um papel fundamental na assimilação do carbono da atmosfera. Na COP 21, embora a importância das florestas tenha sido reconhecida, também não ficou claro como os recursos financeiros deverão ser utilizados para sua preservação.

É necessário pensar no custo ambiental antes que seja tarde demais. Torçamos pelo planeta!

Fonte: United Nations Framework Convention on Climate Change




Confira também

  • Retrospectiva 2015: Ciência e meio ambiente no Brasil e no mundo!

    LEIA MAIS
  • China entra em alerta vermelho de poluição!

    LEIA MAIS
  • Água + espaço - gravidade = efeito mágico!

    LEIA MAIS
  • O vírus Ebola é transmitido sexualmente?

    LEIA MAIS
Total time: 233.68 ms (SQL time: 0.02 ms, overhead time: 91.70 ms), SQL(s): 15 (install mode) GZIPED
INVALID HTML
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing ALT in img tag: img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=254341104760439&ev=PageView&noscript=1"
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: /head came when /link was expected
CFP_HTMLTOOLS: End of file reached while waiting 8 end tags:Array ( [0] => html [1] => head [2] => meta [3] => link [4] => link [5] => link [6] => link [7] => link )