BLOG

China entra em alerta vermelho de poluição!

21 de Dezembro de 2015

A China está entre os países mais poluídos do mundo devido ao elevado desenvolvimento industrial e urbano. Os níveis de poluição são tão elevados, que até foi cunhado o termo airpocalypse – que significa apocalipse atmosférico – para se referir a este fenômeno.

Semana passada Pequim emitiu, pela segunda vez no mês e na história, um alerta vermelho de poluição. Este é o nível mais grave de alerta em um sistema de quatro níveis que foi adotado na China em 2013.

Com o alerta, diversas medidas devem ser tomadas, como fechamento de fábricas, adoção de um sistema de trânsito alternativo, utilização de máscaras, além da proibição de churrascos e fogos de artifício. 

Mulher chinesa usando máscara para se proteger da poluição. Foto: Mark Heath

No inverno a poluição na China se torna ainda mais intensa devido à queima de carvão para aquecimento. Isso ocorre principalmente nas cidades do norte do país, já que elas receberam carvão gratuitamente do governo durante anos. Tal política do governo chinês acabou deixando essa cultura de herança, trazendo sérias consequências para o ambiente e para saúde humana.

Fumaça causada pela poluição no norte da China. Foto: Adam Cohn

Além do aumento do aquecimento global, um estudo publicado na revista PNAS mostrou que, em decorrência dessa prática, a expectativa de vida no norte do país diminuiu mais de cinco anos.

Os alertas emitidos por Pequim coincidem com a 21ª Conferência do Clima (COP 21) que ocorreu este mês em Paris, em que foram discutidas medidas para conter o aquecimento global, expondo a gravidade da situação da China.

 


Alerta vermelho para os vestibulandos!

Fiquem ligados! Este mês ocorreu a 21ª Conferência do Clima (COP 21) e Pequim emitiu dois alertas vermelhos de poluição pela primeira vez na história! Portanto, este é um tema que está super em alta e pode cair em vestibulares e no ENEM em questões de biologia (ex: fisiologia e ecologia) , envolvendo poluição, gases estufa, aquecimento global, e até mesmo em outras disciplinas.

Veja abaixo alguns exemplos que já caíram em vestibulares:

(UNIRIO) Os atletas vão enfrentar um adversário inusitado nas Olimpíadas de Pequim: a poluição.

A capital chinesa apresenta níveis de poluentes no ar superiores aos considerados seguros pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A poluição, proveniente de indústrias, da queima do carvão e de grande número de veículos em circulação, pode causar problemas respiratórios e comprometer o desempenho dos competidores nas provas. (ComCiência, SBPC/LABJOR

É sabido que a poluição mencionada no texto pode interferir numa série de processos fisiológicos ligados à respiração, dentre eles, a hematose. O que acontece nas hemácias e no plasma quando ocorre a hematose nos capilares dos alvéolos pulmonares, sob condições normais?

Resposta: Nas hemácias: formação de oxiemoglobina e liberação de gás carbônico que estava sob a forma de carboemoglobina. No plasma: baixos níveis de concentração de gás carbônico que e oxigênio livres. O bicarbonato difundido no plasma será transformado em gás carbônico que para liberação no alvéolo.  

(FUVEST) A recente descoberta de uma vasta região de mar descongelado no Polo Norte é um exemplo dos efeitos do aquecimento global pelo qual passa o planeta. Alarmados com a situação, alguns países industrializados elaboraram uma carta de intenções em que se comprometem a promover amplos reflorestamentos, como uma estratégia para reduzir o efeito estufa e conter o aquecimento global. Tal estratégia baseia-se na hipótese de que o aumento das áreas de floresta promoverá maior

a) liberação de gás oxigênio, com aumento da camada de ozônio e redução da radiação ultravioleta.   

b) retenção do carbono na matéria orgânica das árvores, com diminuição do gás carbônico atmosférico responsável pelo efeito estufa.   

c) disponibilidade de combustíveis renováveis e, consequentemente, menor queima de combustíveis fósseis, que liberam CFC (clorofluorcarbono).   

d) absorção de CFC, gás responsável pela destruição da camada de ozônio.   

e) sombreamento do solo, com resfriamento da superfície terrestre.   

Resposta: alternativa B

 

Fontes: The Guardian; PNAS

Foto capa: Jonathan Kos-Read

 




Confira também

  • Retrospectiva 2015: Ciência e meio ambiente no Brasil e no mundo!

    LEIA MAIS
  • Saiba tudo sobre a COP 21 em Paris!

    LEIA MAIS
  • Água + espaço - gravidade = efeito mágico!

    LEIA MAIS
  • O vírus Ebola é transmitido sexualmente?

    LEIA MAIS