BLOG

Barba no kit galã: atração, gosto ou moda?

08 de Junho de 2017

Fazendo a cabeça das celebridades e dos não famosos também, “o kit galã” vem ganhando cada vez mais adeptos: cabelo com coque samurai, barba grande e volumosa, num estilo indefinido entre hipster – pessoas com estilo próprio que inventam tendências alternativas –  e lenhador. Há quem diga que é a moda tomando conta, ou que é simplesmente para elevar a autoestima, se sentir mais bonito. Existe ainda uma terceira opção sugerindo que esta aparência favorece na procura de um parceiro. Buscando uma explicação para esta dúvida cruel e contemporânea, pesquisadores da Austrália realizaram um estudo para entender a ocorrência de um item importantíssimo do kit: a barba.

O que parece apenas tendência, desempenha um papel considerável nas relações dos homens. Para descobrir isto, a equipe de pesquisadores reuniu 8.520 mulheres, que foram separadas em 3 grupos. Cada grupo recebeu diversas fotos de homens, com vários níveis de barba: sem barba, barba com 5 dias de crescimento, barba com 10 dias de crescimento, barba com 1 mês de crescimento. Após receber as fotos, os grupos deveriam responder diferentes perguntas. O primeiro grupo deveria dizer quem era o mais atrativo sexualmente; o segundo avaliou qual dos homens era mais atrativo para uma aventura amorosa; e o terceiro deveria escolher um bom candidato para um compromisso sério. Tudo baseado nas barbas! E aí, qual resultado você arrisca?

Legenda:  Foram avaliados 4 padrões: sem barba, barba com 5 dias de crescimento, barba com 10 dias de crescimento, barba com 1 mês de crescimento. O estudo avaliou também a preferência sobre ocorrência de pelos ao longo do corpo. Créditos: Revista Evolution and Human Behavior

Entre os mais atrativos sexualmente ficaram os homens com barbas “por fazer” (5 a 10 dias). Homens sem barba ou com barba volumosa foram classificados como pouco atraentes. Para uma aventura amorosa de uma noite, as mulheres também escolheram os homens com a barba por fazer (5 e 10 dias, respectivamente). Quando o assunto deixou de ser diversão e passou a ser o compromisso, as mulheres preferiram as barbas grandes e cheias. Para os pesquisadores, a presença da barba indica que o homem é capaz de competir por recursos, já que ela pode ser associada à dominância social e à agressão. Se avaliarmos aspectos evolutivos, os humanos possuem pelos em uma quantidade bastante reduzida quando comparados aos nossos ancestrais. Os pelos que antes ajudavam a regular a temperatura corporal e protegiam o corpo de parasitas, por conta da seleção natural, tornaram-se um atrativo sexual: um homem barbudo passou a ser visto como um macho-alfa pronto para defender sua família de possíveis perigos!

Homens também avaliaram outros homens, no Brasil e na República Tcheca, e a preferência entre os homossexuais também foi pela barba, sendo que os brasileiros preferem barbas maiores e os tchecos barbas menores. De acordo com os pesquisadores, homens e mulheres consideram que homens com barba são mais sinceros, generosos e autoconfiantes.

Apesar da barba estar totalmente ligada à atratividade sexual, cada vez que os padrões de beleza se modificam, as barbas também se modificam: alguns querem seguir a moda e a aderem no melhor estilo galã, enquanto outros querem ser diferentes, já que consideram que o que é comum é menos atraente. Para os homens que não possuem barba, classificados como pouco atrativos de acordo com a pesquisa, o implante de barba já existe e pode ser feito pelo valor significativo de R$ 7.000,00 (o mais em conta). Se você não tem condições de desembolsar este pequeno valor, aguarde. A moda está sempre se modificando, e em breve, o macho-alfa pode ser você!

Fonte: Evolution and Human Behavior.


 

Questões sobre aspectos evolutivos podem aparecer no seu vestibular ou no ENEM. Confira uma questão que caiu no vestibular da UFPR:

Assinale qual das características abaixo diferencia os primatas dos outros mamíferos.

a) O desenvolvimento embrionário placentário.   

b) Polegares opositores em muitas espécies.   

c) Estilo de vida arborícola.   

d) Capacidade de produzir leite.   

e) Presença de pelos no corpo.   

 

 

Resposta: alternativa b. Os polegares opositores estão presentes em muitas espécies de primatas, contribuindo para uma variedade de funções, como agarrar e manusear com precisão.  




Confira também

  • Novos achados sugerem que a evolução humana ocorreu na Europa

    LEIA MAIS
  • Descoberto um possível elo entre primatas e humanos atuais

    LEIA MAIS
  • Adaptação: o que pensavam Darwin e Lamarck?

    LEIA MAIS
  • Novos estudos sobre fóssil de Homo sapiens remontam a história da evolução humana

    LEIA MAIS
Total time: 242.87 ms (SQL time: 0.01 ms, overhead time: 106.86 ms), SQL(s): 15 (install mode) GZIPED
INVALID HTML
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: Missing ALT in img tag: img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=254341104760439&ev=PageView&noscript=1"
CFP_HTMLTOOLS: Missing type in SCRIPT tag
CFP_HTMLTOOLS: /head came when /link was expected
CFP_HTMLTOOLS: End of file reached while waiting 8 end tags:Array ( [0] => html [1] => head [2] => meta [3] => link [4] => link [5] => link [6] => link [7] => link )